quarta-feira, 25 de julho de 2012

Concerto no Festival do Vale do Café

O evento que eu fui no Festival do Café foi o concerto do pianista César Camargo Mariano, artista brasileiro de renome internacional.  O ingresso (80 reais inteira, mas tem desconto para estudante e aposentado) tinha direito a visitação na Fazenda São Luiz da Boa Sorte, o concerto e queijos e vinhos no final. Na entrada do haras da fazenda (local que ocorreu o concerto) estava sendo servido café expresso, espumante e água.  
Antes da grande apresentação da tarde, ocorreu uma mini palestra da barista Deise Novacoski que contou um pouco da história e algumas curiosidades do café. Você sabia que o especialista em café se chama barista devido a unidade de pressão bar utilizada nas máquina de fazer expresso?
Tudo foi muito bem organizado... Bem... As cadeiras não eram as mais confortáveis... Mas o espetáculo acabou compensando. Acabei gravando o trechinho final da apresentação em que o artista toca a música cristal...
video
Esse foi um dos vários eventos que estão acontecendo no Festival do Café... A programação está toda no site http://festivalvaledocafe.com/index.php?option=com_content&view=article&id=107&Itemid=560.
Os ingressos (apesar de muitas atrações serem gratuitas, há outras pagas!!) estão sendo vendidos no site do ingresso fácil (http://www.ingressofacil.com.br) ou nos postos de venda ( Barra Mansa "Fla Shop" - Av. Joaquim Leite 577, Gávea "Clube de Regatas do Flamengo" - Av. Borges de Medeiros 997, Niterói "Shopping Popular" - Rua São João nº 75/loja 37, Centro "Fla Shop" - Rua da Quitanda 87). O Festival vai até esse domingo. Aproveitem!!

terça-feira, 24 de julho de 2012

Fazenda São Luiz da Boa Sorte

A fazenda que eu visitei no sábado passado, São Luiz da Boa Sorte (http://www.fazendasaoluizdaboasorte.com.br/site/), fica localizada no município de Vassouras, a cidade Imperial. Ela se originou da união de duas fazendas, a São Luiz e a Boa Sorte, em 1835. A São Luiz pertencia a Paulo Gomes Ribeiro de Avelar e a Boa Sorte era de Quintiliano Gomes Ribeiro de Avelar, irmãos que pertenciam a uma das famílias fundadoras do Vale do Café. Com a morte de Quintiliano, Paulo (Barão de São Luis) se casou com sua cunhada, Feliciana José de Carvalho, e juntou as duas fazendas.     
Apesar do Vale do Café ter sido uma região muito importante para a economia do Brasil na década de 1860 (produzia 75% do café consumido no mundo), ela teve seu período de decadência... Nessa fase a casa da propriedade desse lugar cheio de história foi transformada em um curral... Uma pena...
Mas a fazenda passou por uma grande restauração feita pelo arquiteto João Reis. Segundo o guia da visitação, o projeto teve poucas interferências no padrão arquitetônico original. Tecnicamente eu não posso confirmar, só sei que a casa ficou linda!!   
Durante a visita eu fiquei encantada com a mesa da sala de jantar... Ela estava delicadamente arrumada... Um charme...  
Depois do concerto (vou comentar sobre ele no próximo post!!), que aconteceu no haras da fazenda, ainda deu tempo de visitar a capela São Luis erguida em devoção do Barão de São Luis à São Luis de França (o Luis IX de França). 
A visitação não acontece apenas no período do festival do Vale do Café. Há visitas com lanche imperial (40 reais) ou com almoço mineiro de fazenda (70 reais) em qualquer época... É só agendar. Está tudo no site da fazenda!!
Para quem gostou da sugestão o endereço é Rodovia Lúcio Meira (BR 393) Km 210. 

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Festival do Vale do Café

Desde o dia 17 até o dia 29 de julho acontece a décima edição do Festival do Vale do Café (http://festivalvaledocafe.com/). O evento, que objetiva criar um pólo turístico e cultural dessa importante região do interior do estado do Rio de Janeiro, é realizado nos quinze municípios integrantes do Vale (Barra do Piraí, Barra Mansa, Engenheiro Paulo de Frontin, Mendes, Miguel Pereira, Paracambi, Paty do Alferes, Piraí, Pinheiral, Resende, Rio das Flores, Três Rios, Valença, Vassouras e Volta Redonda).   
A programação, que possui concertos nas fazendas, shows em praças públicas, cortejos de tradições populares locais, cursos de música e aulas degustações, está toda no site do festival.
Para chegar tome cuidado... Para quem não conhece a região é melhor optar pelas vias principais, como a BR 393 que concentra o maior número de Fazendas (seis das quatorze abertas no evento). As vias secundárias não estão bem sinalizadas...
A fazenda e o concerto que eu fui no final de semana são cenas para os próximos capítulos...

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Cantinho do Pará em Ipanema

Com a maioria das mesas no lado de fora, o pequeno restaurante Amazônia Soul nos proporciona conhecer um pouquinho da culinária amazonense. No cardápio, típicos pratos como tacacá, leitão no tucupi, maniçoba (a feijoada amazônica!), pirarucu do Amazonas... Eu, cheia de dúvidas na hora de escolher, fui socorrida pelo garçom Vitor... Todo simpático...      
Optei por tapioca com caranguejo para entrada (achei um pouco seco) e como prato principal escolhi o vatapá Paraense... Delícia... Parece um creme de camarão... Para finalizar, sorvete cairu (muito popular pelas bandas de lá) de tapioca.  
Suco de Taperebá e cerveja cerpa, a legítima loira paraense, para beber.
Um ingrediente concorrido na casa é o açaí... Não experimentei... Mas parece que é bem diferente... É feito como se come no norte.
Além da comida regional, no interior do restaurante tem uma lojinha com produtos trazidos direto do norte do país pelo proprietário da casa... São artesanatos locais, bijuterias, óleos e sabonetes...  
Então, para quem gosta de novas experiências o restaurante fica na Rua Teixeira de Melo, nº 37, na praça General Osório. 

terça-feira, 17 de julho de 2012

Bons ventos na Lapa

Dentro da Fundição Progresso, no Espaço de Criação Intrépida Trupe, a companhia  está apresentando um espetáculo lindo de dança e acrobacia chamado "Ao Vento" (http://intrepidatrupe.com.br/25anos). Impressiona a capacidade dos artistas de fazer movimentos tão difíceis com tanta leveza... 
Além do trabalho corporal, também tem trechos da exibição com música ao vivo... Instrumentos tocados pelos próprios dançarinos...      
O espetáculo, que ficará em cartaz até o dia 19 de agosto, acontece de sexta a domingo às 20 h (nos três últimos domingos, dias 5, 12 e 19 de agosto, haverá sessão extra às 17 h). 
O ingresso (40 reais inteiro e 20 reais para estudante) é vendido apenas no dia da apresentação a partir das 15 horas. A dica é chegar uma hora antes para garantir um bom lugar (já que não tem lugar marcado!).

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Loja de decoração no Centro

Quando eu penso em mimos para o lar, eu lembro sempre da loja Besi (http://www.besi.com.br) que fica na Rua do Carmo 61. Lá a gente encontra panelas Le Creuset, lindos aparelhos de jantar, talheres fofos, jarros coloridos, copos La Rochere, panos de prato bordados, toalhas indianas, moringas estilosas... A loja é lotada de utilidades e futilidades indispensáveis!! Difícil é conseguir sair de lá sem uma sacolinha...   
Além dessas fofuras para o lar, no final da loja tem uma cafeteria com café italiano, doces e sanduíches apetitosos. Uma boa pedida é o cookie de chocolate branco com damasco... hum... O da foto é o muffin de chocolate branco com morango (também muito gostoso!). Na hora do almoço (menos no sábado) também rola quiche com salada.  
Esse lugar charmoso fica aberto de segunda a sexta das 9h às 19:30 e sábado das 10h às 14h.

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Garimpando tesouros...

Sempre no primeiro sábado do mês, a Rua do Lavradio fecha para receber a Feira Rio Antigo. A rua, primeira na cidade a ser aberta com a finalidade residencial (em 1771 pelo Marquês do Lavradio), possui prédios históricos datados dos séculos XVIII, XIX e XX (infelizmente a maioria não está muito conservada...).
A feira, criada em 1996 por donos de antiquários e restaurantes da rua, possui antiguidades (uma mais linda que a outra, mas tem que garimpar!!), móveis de antiquários...
Camisetas com estampas do Rio de Janeiro, vestidos bordados...
Artesanatos fofos...
Além disso, ainda rola música, algumas manifestações culturais e restaurantes lotados de gente e de quitutes... Tudo isso acontece das 10h às 18 h... 
Esse sábado vai ter a feira do mês de julho... A dica é levar algum dinheiro... Apesar de algumas barracas aceitarem cartão, há aquelas que só trabalham com cash!!


segunda-feira, 2 de julho de 2012

Manhã nas laranjeiras

Num cantinho encantador de laranjeiras a gente pode tomar um café da manhã aconchegante... O Café Maya (http://www.mayacafe.com.br), além de oferecer suas gostosuras, possui uma seleção de livros, vinhos, objetos de decoração e produtos de delicatessen. O espaço também possui uma área infantil para alegrar a criançada.  
Neste domingo o pedido foi um sanduíche simples (o pão integral estava bem gostoso!!) e fatias de bolo de laranja e cenoura com chocolate...
Para quem gosta (e eu adoro!!) de feira a dica é ir no sábado, quando acontece a feira da Rua General Glicério. É legal dar um passeio pelas barracas de frutas e artesanatos. Ainda rola uma música por volta do meio dia... Programa para um sábado inteiro...
Caso contrário, é melhor ir no domingo...
A cafeteria fica na Rua Professor Ortiz Monteiro, 15/B.